Montanhas de Teresópolis e Arredores

A Serra Verde Imperial conjuga a beleza de sua vegetação com o charme de sua gastronomia requintada, atrativos culturais e oportunidades de compras. Com um clima que convida aos prazeres da boa mesa, a região é famosa pelos seus restaurantes e pousadas aconchegantes. Formado pelo conjunto de municípios da região serrana do Estado: Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Guapimirim e Cachoeiras de Macacu.

No inverno, fica ainda mais especial, com festivais que animam todas as cidades. Já no verão, os rios, cachoeiras e trilhas formam um verdadeiro convite ao ecoturismo. Para os mais aventureiros, a região é berço do montanhismo nacional e possui a travessia mais famosa do país, a Petrópolis-Teresópolis no Parque Nacional da Serra dos Órgãos.

Nos Links abaixo você encontrará informações diversas de várias montanhas da Região Serrana do Rio de Janeiro, também conhecida como Serra Verde Imperial.

Subir a Serra é prazer em qualquer época do ano. Por isso, quando visitar o Rio não deixe de conhecer esse lugar único!


      • Pico Maior de Friburgo 2.316 m
      • Pico Médio de Friburgo 2.285 m
      • Pedra do Sino 2.275 m
      • Pico Menor de Friburgo 2.262 m
      • Pico da Caledônia 2.255 m
      • Pedra do Papudo 2.245 m
      • Pedra do Capacete 2.200 m
      • São Pedro 2.160 m
      • Garrafão 2.138 m
      • Morro do Ronca-Pedra 2.080 m
      • Agulha do Diabo 2.050 m
      • Seio Mulher de Pedra 2.040 m
      • São João 2.030 m
      • Pedra Cabeça de Dragão 2.018 m
      • Torre Maior Bonsucesso 2.000 m
      • Pedra das Cruzes 1.980 m
      • Pedra do Serrote 1.969 m
      • Queixo do Frade 1.960 m
      • Quebra-Frascos 1.946 m
      • Pico do Beija-Flor 1.933 m
      • Nariz do Frade (Verruga do Frade) 1.920 m
      • Santo Antônio 1.900 m
      • Torre Central de Bonsucesso 1.860 m
      • Morro dos Cabritos 1.810 m
      • Caixa de Fósforos 1.800 m
      • Pedra da Avalanche (Arrieiro) 1.790 m
      • Pedra do Cantagalo 1.785 m
      • Triunfo (Caleme) 1.752 m
      • Garrafão 1.750 m
      • Pedra da Tapera 1.746 m
      • Pedra do Faraó 1.710 m
      • Dedo de Deus 1.692 m
      • Cabeça de Peixe 1.680 m
      • Pedra de São Caetano 1.650 m
      • Pedra da Babilônia 1.630 m
      • Ferro de Passar Roupa 1.630 m
      • Pedra de Pessegueiros 1.550 m
      • Pedra da Catarina Pai 1.550 m
      • Pedra do Chapéu da Bruxa 1.530 m
      • Pedra do Imbuí 1.517 m
      • Pico da Sibéria 1.500 m
      • Pedra da Ermitage (Quinta Lebrão) 1.495 m
      • Dedo Polegar 1.480 m
      • Agulhinha Beija-Flor 1.470 m
      • Pedra Janela das Andorinhas 1.450 m
      • Duas Pedras 1.435 m
      • Pedra do Porcelet 1.430 m
      • Serra dos Cavalos 1.430 m
      • Pedra da Catarina Mãe 1.420 m
      • Pedra do Imperador 1.410 m
      • Escalavrado 1.410 m
      • Dedo de Nossa Senhora 1.405 m
      • Pedra do Camelo 1.400 m
      • Pedra do Caxambu (Santa Rita) 1.385 m
      • Morro da Cruz 1.380 m
      • Pedra dos Cadetes (Corta Vento) 1.350 m
      • Pedra Riscada 1.325 m
      • Mirante Dedo de Deus 1.320 m
      • Santo Antônio Mirim 1.319 m
      • Mirante Alexandre Oliveira 1.190 m
      • Pedra da Tartaruga 1.180 m
      • Pedra do Elefante 1.180 m
      • Pedra do Cão Sentado 1.111 m
      • Mirante do Soberbo 1.000 m


Quer comentar e/ou acrescentar algo? Escreva para a gente!


Pesquisa: Waldemiro Telles